Fábrica de Cultura do Belém

Para quem ainda não sabe (mas já falei no meu lead), faço aulas de violino e dança de salão na Fábrica de Cultura do Belém, então estou lá, pelo menos, três vezes por semana. Gosto bastante do lugar, tem atrações diversas e uma biblioteca linda!

O programa Fábricas de Cultura é um projeto da Secretaria de Estado da Cultura que oferece atividades gratuitas à comunidade. Curiosidade: a Fábrica de Cultura do Belém funciona no edifício onde, na década de 1930, abrigava o Reformatório para Meninas, quase destruído nos anos 1990.

Com a reforma, o espaço ganhou salas de aula, biblioteca e passou a oferecer cursos de música, dança, teatro, circo, fotografia, xadrez e artes visuais. Nesse ano abriram o de bordado e pedraria. Todos são gratuitos e podem ser feitos por tempo indeterminado, ou seja, não há um período fechado de, por exemplo, um ano; você pode se rematricular sempre a cada fim de semestre.

Foto: Ludimila Honorato

Nos finais de semana, o local é aberto para artistas exporem seus talentos. Pessoas que cantam, dançam, têm banda, fazem cover e grupos de teatro — de todos os estilos — podem se inscrever com a equipe de Promoção e Articulação. Então, eles agendam uma data para apresentação — que também é gratuita e realizada em um teatro com 277 lugares. A equipe também visita ONGs, abrigos, unidades da Febem e realiza cinema itinerante.

A Fábrica funciona dentro do Parque do Belém, inaugurado em 2012, fruto da iniciativa do Governo de descentralizar núcleos prisionais. Até 2007, o local era destinado ao maior complexo da Febem, Tatuapé, desativado em outubro daquele ano. Hoje, com mais de 210 mil metros quadrados, o parque tem uma extensa área verde destinada ao lazer e esporte, com ciclovia e pistas de cooper e skate. Ótimo lugar para um piquenique, ler e andar de bike.

Na Zona Leste, há ainda unidades na Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista e Cidade Tiradentes, que contam com a organização do Catavento Cultural. Outras funcionam no Jardim São Luís, Capão Redondo, Jaçanã, Vila Nova Cachoeirinha e Brasilândia. Pra participar dos cursos, tem que ir na unidade com RG e comprovante de residência; menor de idade deve estar acompanhado pelos pais ou responsável legal.

Lazer ao ar livre é sempre revigorante e as oficinas são uma ótima oportunidade de conhecimento de qualidade e gratuito. Aos interessados, a Fábrica de Cultura do Belém fica na Avenida Celso Garcia, 2.231 (Portaria 1) ou Rua Nelson Cruz, 140 (Portaria 2). 

Siga, curta, compartilhe:
Facebook
Google+
http://ludihonorato.com.br/fabrica-de-cultura-do-belem/